Representantes da Câmara Municipal participaram da Audiência Pública de Meio Ambiente

Os vereadores Anaelton dos Santos Freitas e Francisco Amorim Neto participaram da Audiência Pública do Meio Ambiente com a temática “Uso da Água”, na última segunda-feira, 13 de junho, em comemoração ao Dia Mundial do Meio Ambiente. O evento aconteceu no Centro Educacional de Barra de Barra do Choça e teve a participação dos alunos das escolas Josenildo Leite e Centro Educacional de Barra do Choça, os quais participam do projeto Eco Teens e Eco Kids.

Compuseram a mesa de discussão: o prefeito de Barra do Choça Oberdan Rocha, o secretário de Agricultura Eric Fabiano, o coordenador de Meio Ambiente Crésio Lima, o representante do Movimento Contra a Morte Prematura André Cairo, o presidente da Associação de Irrigantes Walter Félix, os vereadores Anaelton dos Santos Freitas e Francisco Amorim Neto, a coordenadora do colégio Josenildo Leite ,Vera Belinato e o vice-diretor do Centro Educacional de Barra do Choça (CEBC) Saturnino Barbosa.

DSC_0030Abrindo a audiência pública, o Secretário Eric Fabiano falou que o objetivo da audiência foi juntar diferentes autoridades para esclarecer alguns pontos sobre o uso da água, principalmente para os estudantes. O secretário também falou do dever que todos nós temos em cuidar e preservar o meio ambiente para que possamos continuar fazendo uso da água com sustentabilidade.

O vereador Anaelton disse que ele e os demais representantes do legislativo de Barra do Choça vem, desde 2009, desenvolvendo ações (palestras, reuniões, encontros, visitas e etc) cobrando atitudes dos órgãos do Estado para o problema do abastecimento de água na região. Falou que a solução definitiva do referido problema não se resume em desenvolver medidas pontuais como a construção de barragens apenas, mas também na execução de um projeto de recuperação e conservação de matas e nascentes para que todos possam fazer o uso da água.

Já o vereador Francisco, mostrou-se indignado pela maneira truculenta como os órgãos de fiscalização do Estado estão tratando os pequenos agricultores do Município que faz uso da água como meio de sobrevivência. Falou também do descaso da Embasa, uma vez que nunca se preocupou em desenvolver nenhum projeto de recuperação nem de conservação junto aos produtores do Município.

Depois de quase seis meses sem precipitação, o presidente Walter Félix comemora a garoa que Barra do Choça recebeu nos últimos dois dias e aponta a importância de discutir o uso da água com os jovens. “Esses jovens aqui presentes só irão sobreviver no futuro se o meio ambiente for preservado, nossa situação atual já é crítica, por que nossos antepassados não tinham visão de meio ambiente”, completa.

Para Saturnino Barbosa, o Centro Educacional de Barra do Choça (CEBC) sempre esteve e continua na vanguarda da discussão sobre a preservação do Meio Ambiente na cidade. “Temos que ter o cuidado de olhar pra Barra do Choça, que é conhecida como a caixa d’água da região, mas nunca houve um olhar preocupado do Estado e da Embasa”, afirma.

Já a coordenadora Vera Belinato, diz que a audiência é muito importante para que ela e os alunos absorvam mais informações para reproduzir estratégias de preservação em suas comunidades. “De certa forma, estamos pensando alternativas diárias para evitar o alto consumo. Nós verificamos através das aulas de campo que realmente há a necessidade de agirmos todos e mobilizarmos também os municípios vizinhos”, reflete.

DSC_0048

André Cairo, líder do Movimento Contra a Morte Prematura, diz que o equilíbrio da terra, depende do equilíbrio do homem e é enfático ao lembrar que existem leis em nosso país que deveriam garantir a preservação do meio ambiente. “Temos que despertar, temos que acordar para resolver os problemas, temos direitos e temos o dever de resolver o problema  através de quem quer que seja”, afirma.

O prefeito Oberdan lembrou que a formação de uma consciência cidadã baseada nos princípios ecológicos é fundamental para a evolução da discussão em torno do consumo da água na região. “A formação dessa consciência é fundamental. Nós tivemos uma felicidade de ter a parceria com o Ministério Público do Meio Ambiente, desde 2014, que vem somando esses valores, principalmente nos alunos”, lembra.

Por fim, foi realizada uma palestra com o tema “Multidimensalidade da Crise Hídrica” com o palestrante Professor Dr. Jacson Tavares, o qual dentre outros enfoques, fez uma abordagem do problema do abastecimento de água na região, mostrando um histórico do consumo ao longo do tempo, a atual situação dos reservatórios e as ações necessárias para garantir o abastecimento a curto, médio e longo tempo.

DSC_0071

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *